Após as mais recentes edições da Al-Madan impressa [ISSN 0871-066X -- N.º 26, Nov. 2023] e da Al-Madan Online [ISSN 2182-7265 -- N.º 27, tomo 1, Jan. 2024], a planificação editorial do Centro de Arqueologia de Almada terá novos desenvolvimentos em 2024:

Al-Madan Online e Al-Madan são edições complementares de um mesmo projecto editorial, mas reúnem conteúdos autónomos e prosseguem objectivos específicos.

A Al-Madan Online tem distribuição na Internet, através de duas vias: com informação de síntese neste mesmo sítio web e com a revista integral em acesso livre na plataforma ISSUU.

Salvo números esgotados, todas as edições da Al-Madan impressa podem ser adquiridas por venda directa do Centro de Arqueologia de Almada, que assegura a distribuição via CTT, com portes gratuitos em Portugal (ver Contactos). O pagamento pode ser realizado por transferência bancária.

Todos os números da 1.ª Série, editada entre 1982 e 1986, estão disponíveis em formato PDF e com acesso livre [ver Al-Madan impressa / Números editados].

A Al-Madan impressa só tem sido possível graças aos protocolos plurianuais celebrados no âmbito da campanha Vamos Manter a Al-Madan Impressa, nomeadamente com a Associação dos Arqueólogos Portugueses e as empresas Arqueohoje, Neoépica e do Grupo Dryas Octopetala, a que se juntaram os apoios pontuais da Câmara Municipal de Almada e da Câmara Municipal de Oeiras.

 

Entretanto, continua disponível o Mapa de Sítios Arqueológicos Visitáveis em Portugal que resultou do inventário nacional publicado na Al-Madan impressa n.º 20 (2016). Conta já com perto de 94 mil acessos na sua versão online, e pode ser consultado a partir desta ligação. Utilize-o e conheça melhor o Património arqueológico português, protegendo-o ao mesmo tempo, ao adoptar um código de conduta responsável.

O CAA agradece também informações de actualização dos arqueossítios inventariados, bem como as que permitam enriquecer o mapa com novos registos. Os contactos podem ser realizados por e-mail.

 

Almada, Janeiro de 2024